Chevrolet Opala

o1

No dia 19 de novembro de 1968, a Chevrolet iniciava a produção de um dos modelos de maior sucesso em sua história, o Opala – primeiro automóvel fabricado pela empresa no Brasil, símbolo de requinte e sofisticação durante seus vários anos de produção.

o2

Com uma produção e venda próxima de um milhão de unidades, o Chevrolet Opala é até hoje objeto de desejo de uma legião de fãs e colecionadores por todo Brasil.

Fatos interessantes sobre o Opala:

1968 • É lançado, em 19 de novembro, o primeiro carro de passageiros Chevrolet produzido no Brasil, o Opala, com quatro portas.

1969 • Em 14 de julho, a empresa atinge a marca de produção de 200 mil unidades de veículos Chevrolet, sendo 10 mil unidades do Opala.

1970 • Em junho, a GMB lança o Opala Cupê SS.
• Em 3 de agosto, o Chevrolet Opala atinge a marca de 50 mil unidades produzidas.

o3

1973 • Novos Opalas em outubro: o Opala SS (4 cilindros) e o Opala Automático (4 e 6 cilndros).

1974 • Em 8 de novembro, são lançados o Chevrolet Comodoro e a Chevrolet Opala Caravan 1975 • Em 19 de dezembro, é a vez do Opala completar 300 mil unidades no Brasil.

o6

1975 • Em novembro, é lançado o Opala 250-S.

1976 • Em 20 de novembro, a GMB apresenta ao público, no X Salão do Automóvel, o novo Chevette esportivo GP-II e o Chevrolet Comodoro de 4 e 6 cilindros.

o9

1977 • Em 31 de agosto, a GMB apresenta à imprensa a linha Chevrolet 78, incluindo o lançamento de um novo modelo, o Opala Caravan SS, e o Chevette com novo estilo frontal.

o10

1978• Em 4 de janeiro, o consumidor conhece a Chevrolet Caravan Comodoro, com motores de 4 e 6 cilindros.
Em 29 de março, sai da linha de montagem o 500.000º Opala.

1979 • Em 2 de julho, 600.000 Chevrolet Opala produzidos no País.

o11

1980 • Em 4 de dezembro, é produzido o 700.000º Opala.

1981 • Em 27 de abril, o motor Chevrolet 250, 6-cilindros a álcool é aprovado pela Secretaria de Tecnologia Industrial (STI).

1982 • Em 19 de fevereiro, o Opala alcança sua unidade 750 mil.

o12

1988 • Em outubro, introdução do câmbio automático de quatro marchas na linha Opala.

1990 • Em novembro, no XVI Salão do Automóvel, em São Paulo, apresentação dos novos modelos Monza e Opala 91.

o13

1992 • Em abril, o Opala sai de linha, após 23 anos ininterruptos de produção, com a marca de quase 1.000.000 de unidades produzidas.

Durante muitos anos, desde o seu lançamento, o “Opala” brilhou nas pistas de todo Brasil

s5

Uma das categorias do automobilismo nacional em que o “Opala” mais atuou foi a “Stock Car”.  Atualmente ele volta as pista na “Old Stock Race”, criada com a participação de grandes nomes do automobilismo brasileiro, e promete permanecer por muito tempo.

 

o1

• Em setembro de 1992, o Omega chega ao mercado para ser o automóvel mais moderno e sofisticado do país. É o substituto natural do Opala.