Também chamado de T-Bird, foi lançado no Salão de Detroit em 1954

t1

 Já no seu lançamento o esportivo compacto foi um sucesso de vendas, principalmente por ser mais barato que o Corvette. Seu motor era um V8 de ferro fundido de 4,7 litros que gerava 193 cv. de potencia 

t2

t33

Em 1956 o Thunderbird recebia algumas mudanças na carroceria, o estepe agora ficava atrás da tampa do porta-malas, na versão de teto rígido a coluna vinha com uma janelinha redonda, novo volante e painel acolchoado

t3

As mudanças no carro sempre foram muito rápidas, em 1957 ganhava vincos nas laterias traseiras chamados de rabo de peixe e novos pára choques 

t4

t5

Em 1958 recebeu a primeira grande mudança, um gigante de 5,2 metros, era oferecido nas versões teto rígido e conversível

t6

O teto solar veio a partir de 1960

t7

t8

Em 1961 mais uma grande mudança no Thunderbird , a grade mais reta, capô curvada para baixo e novo motor V8 de 6,3 litros com opções de 300, 375 e 401 cv de potência

1965, mais uma grande mudança no carrão, o capô mais longo, novas laterais da carroceria e freios dianteiros a disco em toda  linha, motor V8  de 6,3 litros com 300 cv, e 6,9 litros com 425 cv de potência  

A criatividade dos engenheiros da Ford não tinha limites, em 1967 um carro totalmente re-estilizado, novo modelo de quatro portas com as traseiras abrindo em sentido contrário às da frente, a grade cobrindo toda a frente e os faróis embutidos, a nova versão “Landau” oferecia teto de vinil e adornos na coluna traseira

1980 mais um novo modelo.  Aqui o carro já havia perdido a sua identidade, não sabia se era um esportivo ou um clássico, com as vendas em queda, tornou-se um carrão pesado e que consumia muita gasolina, não agradava mais

t18

Com a missão de retomar as vendas e o prestígio do Thunderbird, foi lançado em 1985 um novo carro, com dimensões menores e opções de motores de quatro, seis e oito e cilindros

t19

Em 1990 a carroceria é novamente remodelada e permanecendo até 1997, quando a sua produção foi interrompida 

Relançado em 2002, um novo e surpreendente carro, uma versão nostálgica denominada “Século XXI”.  O “Ford Thunderbird” foi um veículo polêmico que navegou por vários estilos durante a sua existência. Em 2005 encerrou definitivamente a sua produção, totalizando 4,2 milhões de unidades vendidas.