ACarrera Panamericana”  é um evento de corrida de carros clássicos e esportivos em estradas abertas no México semelhante ao “Mille Miglia” na Itália

q1

Correndo por cinco anos consecutivos de 1950 a 1954, foi amplamente defendido pelos contemporâneos como a prova mais perigosa de qualquer tipo no mundo, diversos acidentes marcaram as competições

O início

Depois que a parte mexicana norte-sul de 2,178 milhas (3,507 quilômetros) da Estrada Pan-Americana foi concluída em 1950, uma corrida de cinco dias em todo o país foi organizada pelo governo nacional, para celebrar sua conquista e atrair negócios internacionais. A corrida de 1950 correu quase inteiramente ao longo da nova estrada. A primeira das cinco corridas anuais começou em 5 de maio de 1950 e foi disputada por pilotos de todo o mundo representado diversas categorias do automobilismo

q8

A primeira corrida correu de norte a sul, começando em Ciudad Juárez, Chihuahua , e terminou em Ciudad Cuauhtémoc , Chiapas 

A corrida provaria que seria muito pesado para os motoristas. No início da corrida, José Estrada, um comerciante de automóveis próspero da Cidade do México e um veterano piloto, anunciou: “Eu vou ganhar ou morrer tentando”. Na primeira etapa, o Packard de 1951 derrapou na estrada e caiu de 1830 pés (190 m) em um barranco. Ambos Estrada e o co-piloto Miguel González morreram em um hospital de Oaxaca naquela tarde

q3

Devido às preocupações de segurança e as despesas para o governo, o cancelamento foi inevitável, dado que os carros do período eram de alta velocidade, design de baixa segurança e  uma mentalidade de ganhar a qualquer custo, tendo sua última prova realizada em 1954

A prova foi ressuscitada em 1988 por Pedro Dávila, Loyal Truesdale e Eduardo de León Camargo, agora na categoria de corrida histórica, sendo disputada na maioria por carros das décadas de 1950 e 1960, regras bem parecidas com os Ralis de regularidade e corre uma rota de 7 dias, 3.200 km, que acompanha alguns dos cursos originais  

Para conhecer melhor a prova convidamos assistir o filme “La Carrera Panamericana” filmado na prova de 1991 e produzido por “Nick Mason”  baterista da Banda Pink Floid, entusiasta e colecionador de carros antigos, com trilha sonora da mesma banda

Fotos dos belos carros que competiram nos últimos anos 

5fe40dfb0d70284b6675eb56cff841bf