Busca

Gasolina na Veia

2º Grande Encontro dos Carros Antigos do Sul de Minas

Realizado no restaurante “Venda do Chico” às margens da Rodovia Fernão Dias no município de Três Corações, em 21 de maio de 2017

IMG_2828

ATÉ SÃO PEDRO ADMIRA OS CARROS ANTIGOS

A previsão do tempo mostrava chuva durante todo o dia do evento, e o que aconteceu? Nem uma gota caiu do céu

18556960_624933877711164_8911798238224267493_n

IMG_2855

Idealizado pelo Site”Gasolinanaveia.com.br”, pelos diretores do restaurante “Venda do Chico” e “AMA-Associação Mineira de Antigomobilismo”  o “Grande Encontro dos Carros Antigos do Sul de Minas” em sua segunda edição mostrou a força do antigomobilismo na região, com representantes de praticamente todas as cidades do sul de minas e integrantes de diversos clubes

IMG_2819

Compareceram ao evento mais de 250 carros antigos e um público estimado em 1200 pessoas

Marcus Vinicius,  diretor do “gasolinanaveia.com.br” acompanhado de sua esposa Maria Bernadete,  Matheus, Chico e sua sua esposa Ana Claudia, proprietários da Venda do Chico fizeram um breve pronunciamento dando as boas vindas e agradecendo a presença de todos

Grande variedade de marcas e modelos

Cadillac 1984

Muito interessante este fusca, seu reboque customizado e a Lambreta

Um dos maiores encontros de carros antigos do interior de Minas Gerais

O mercado de pulgas presente no evento, com venda de miniaturas, peças, quadros vintage e antiguidades

Presença de diversos carros placas preta

Prestigiando o evento o Clube do Fiat 500

Presença de diversos colecionadores 

E não pára de chegar carro…… 

Agradecemos a presença dos amigos das duas rodas

Em meio a tantos carros antigos a Toyota compareceu com alguns de seus novos modelos para divulgação

Fotos e Texto: Marcus Vinicius

Encontro Mensal do “Clube do Automóvel Antigo de Poços de Caldas”

IMG_2611

O “Gasolina na Veia” sempre presente nos grandes eventos, esteve no dia sete de maio de 2017 na cidade mineira de Poços de Caldas, prestigiando o encontro mensal do “Clube do Automóvel Antigo de Poços de Caldas”

A cidade de Poços de Caldas, se destaca pela beleza arquitetônica, sua natureza, pelas  fontes de águas e sem dúvida, pela quantidade de colecionadores de carros  antigos, que preservam a memória do automóvel, com grande variedade de marcas e modelos.

Destaque para esta Ford F100 ano 1954, placas pretas, motor V8 original

As visitas a Poços de Caldas são sempre muito agradáveis

Poços de Caldas é um município do estado de Minas Gerais. Segundo estimativa do IBGE em 1º de julho de 2016, é o 15º município mais populoso, com 164.912 habitantes.

Muito elogiado este fusquinha 2 janelas na traseira do “Clube do Fusca”

IMG_2647IMG_2648

UM POUCO DA HISTÓRIA DE POÇOS DE CALDAS

A história de Poços de Caldas começou a ser escrita a partir da descoberta de suas primeiras fontes e nascentes, no século XVII, encontradas no fundo de uma caldeira vulcânica. As águas raras e com poderes de cura foram responsáveis pela prosperidade do município desde os seus primórdios.

IMG_2661IMG_2658

Desde 1886, funcionava no município uma casa de banho, utilizada para tratamento de doenças cutâneas. Ela se servia da água sulfurosa e termal da Fonte dos Macacos. Em 1889 foi fundado, por Pedro Sanches, outro estabelecimento para o mesmo fim, captando água da Fonte Pedro Botelho, no local onde está o parque infantil Darcy Vargas. Ali, a água sulfurosa subia até os depósitos por pressão natural. O balneário não existe mais. Em seu lugar foram construídas, no final dos anos 20, as Thermas Antônio Carlos, um dos mais belos prédios do município.

IMG_2608

Uma caminhada pelo centro de Poços, sempre nos reserva surpresas agradáveis como: ver esta “Jardineira Chevrolet Gigante” ano 1933 sendo  protagonista de passeios turísticos pela cidade.

Poços recebeu seu primeiro visitante ilustre, o Imperador Dom Pedro II, em outubro de 1886.  Ele esteve na “freguesia”, acompanhado da imperatriz dona Tereza Cristina para a inauguração do Ramal da Estrada de Ferro Mogiana. Três anos depois, em 1889, o município foi desmembrado do distrito de Caldas e elevado à categoria de vila e município. A prosperidade e o luxo tiveram seu grande momento em Poços de Caldas enquanto o jogo esteve liberado no Brasil. Pelos salões do Palace Casino e do Palace Hotel desfilava a nata da aristocracia brasileira e até de outros países. O presidente Getulio Vargas tinha uma suíte especial no hotel, com a mesma decoração da que ele usava no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, então capital do país. O quarto ainda hoje preserva os móveis e o estilo da época. Mas uma das maiores atrações do hotel continua sendo sua piscina térmica, construída num suntuoso salão sustentado por colunas de mármore de carrara.

Por favor, não digam que eu me perdi na reportagem, o intuito é mostrar os carros antigos e um pouco da história do local. Afinal, Gasolina na Veia também é cultura.

Fotos atuais e texto: Marcus Vinicius

2 grande encontro

ENCONTRO BRASILEIRO DE AUTOS ANTIGOS – ÁGUAS DE LINDOIA – 2017

Águas de Lindoia é um dos onze municípios paulistas considerados estâncias hidrominerais pelo estado de São Paulo. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar, junto a seu nome, o título de estância hidromineral.

IMG_2477

Além de atrair turistas de todo Brasil pela natureza exuberante, suas águas medicinais e o clima tropical de altitude, sedia o maior encontro de autos antigos do Brasil e um dos maiores da America Latina.

IMG_2534.JPG

A qualidade, conservação e diversidade de marcas e modelos dos automóveis encantam as pessoas que visitam a cidade durante os quatro dias de evento.

Destaque para esta Pick-Up Chevrolet 1954, apelidada no Brasil de “Marta Rocha”

Quem vem até aqui não quer ir embora.

Bela coleção de Studebaker

MAIS UM POUCO DA HISTÓRIA DE ÁGUAS DE LINDOIA

Até o século XVI, a região era habitada pelos índios caiapós. A partir de então, começou a ser ocupada pelos bandeirantes. No século XVIII, a região era frequentada por tropeiros que viajavam para o planalto goiano, passando por Minas Gerais. Eles foram os maiores divulgadores dos poderes das águas da região.

GEOGRAFIA DE ÁGUAS DE LINDOIA

A altitude média do município é de 945 metros, atingindo seu ponto mais alto no Morro Pelado, aos 1 400 metros de altura. Por estas características o clima é agradável, classificado entre subtropical e tropical de altitude. No censo de 2010, sua população somava 17.261 habitantes, predominantemente na área urbana. A cidade é servida pela rodovia SP 360.

Mostra de caminhões

Raro “Simca Jangada”

Stand de duas rodas

IMG_2570

Sempre presente nos grandes eventos, o eterno ídolo de uma geração “Carlos Miranda”, protagonista do seriado “Vigilante Rodoviário”. E eu não podia deixar passar a oportunidade de tirar uma foto com ele.

IMG_2511

Texto e fotos: Marcus Vinicius

CIDADE FANTASMA

Nome: NELSON   Estado: NEVADA   

País: ESTADOS UNIDOS

n18

Nelson é uma  cidade abandonada no estado de Nevada, nos Estados Unidos, na área metropolitana de Las Vegas. Nelson fica no Eldorado Canyon. A vila fica no sudeste da região de Eldorado Valley. Em 2010 tinha uma população de 37 habitantes

A área conhecida como Nelson foi originalmente chamada Eldorado em 1775 pelos Espanhóis que fizeram as descobertas oficiais de ouro na área que é agora Eldorado Canyon. Um século mais tarde, os mineiros ocuparam e fundaram a notável Mina Techatticup. Desentendimentos sobre a propriedade, gestão e até disputas laborais, resultaram em frequentes assassinatos. Apesar da reputação sinistra das minas, a vila produziu vários milhões de dólares em ouro, cobre e chumbo.

As minas estiveram ativas entre 1858 e 1945. Muitos dos homens que trabalharam nelas foram desertores da Guerra da Sesseção. Nelson foi um dos primeiras cidades mineiras de ouro em Nevada. A área junto ao rio Colorado foi destruída em 1974, durante uma inundação repentina. A vila foi o local da maior população mineira na região do Eldorado Canyon. Ouro e prata foram descobertos ali por volta de 1859.

 A vila deve o seu nome a Charles Nelson, um prospetor que foi assassinado na sua mina em 1897 pelo índio “Avote”.

Hoje “Nelson” de fantasma só tem o nome, a cidade além de receber milhares de turistas todos os anos, também é cenário para ensaios fotográficos, tanto para propagandas de moda quanto para álbuns de casamento.

N22

PARA QUEM NÃO TEM MEDO DE FANTASMA, É UM PASSEIO, DIGAMOS…CURIOSO

As Aventuras de Alfredo, Gilda e o Possante.

Vamos começar esta história com placas amarelas e cabelos pretosz28Este é o “possante”, um fusquinha 1981

z24

e estes são: Alfredo, Gilda e… o Possante.

Uma história de amor a três que já dura 33 anos.

Tudo começou pelo camping.

As aventuras destes três foi do Oiapoque ao Chui, literalmente, incluindo: Maranhão, Piaui, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, isso  no Brasil, e mais: Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, deserto do Atacama e até o fim do mundo, o “Ushuaia”.

E por onde passaram, ficaram na história.

Ainda esperamos muitas  histórias, desse simpático casal de cariocas, e seu  inseparável fusquinha 1981, contadas mais por fotos do que por prosa.

zw2

zw1

UM DEPÓSITO DE CARROS ANTIGOS

Durante nossas andanças por aí, descobrimos no interior do estado de Minas Gerais um galpão com mais de trinta carros antigos, todos muito bem guardados e longe dos olhares de curiosos.

IMG_4177

 

Quem passa por fora deste galpão todo fechado não imagina as raridades que ali estão

Como diz o proprietário, não se trata de uma coleção e sim de um depósito de carros antigos

São diversas marcas e modelos como: Opel, Dodge Dart, Dodge Charger

Este é o “Opel Rekord” que deu origem ao Opala Cupê

IMG_4171.JPG

Destaque para este “Chevrolet Opala 1971” com baixíssima quilometragem

Este “Impala 1959” ainda está com as placas amarelas e mantém a pintura e mecânica original

Em perfeito estado, ainda com pintura original este “Plymouth 1952”

Chevrolet com câmbio Hidramático

“Opel” que deu origem ao “Chevrolet Caravan”

Dodge Charger RT 1977

Opel 1957

Opel 1960

Dois exemplares do “Dodge Polara” os famosos “Dojinho”

É evidente a preferência do proprietário pela marca “Opel”

IMG_4167

Devido a disposição dos carros, não foi possível ângulos muito perfeitos para as fotos

IMG_4174

Melhor que seja assim e eles continuem bem quietinhos nesta garagem dos sonhos

Fotos e texto de: Marcus Vinicius

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑